quinta-feira, 24 de junho de 2010

Confia em DEUS

Domingo de manha depois das reuniões la estava eu limpando o altar avistei uma jovem sentada, passou uns 10 minutos essa jovem se aproxima de mim e pergunta se poderia falar comigo sem pensar 2 vezes logo disse que sim o que ela deseja.

Então larguei tudo e fui atende-la foi quando ela abriu o coração falou como se me conhecia a meses e ate anos, com lágrimas nos olhos me falou o que estava passando a guerra que estava passando, quando abri a boca para falar com ela em nenhum momento desviou o seu olhar do meu parecia que estava comendo o que eu estava falando e o mais importante eu a Vi colocando tudo que eu disse em pratica. Na mesma hora perguntei se ela tinha fé de abrir um propósito foi quando me admirei da FÉ ela disse claro obreira na Fé.

Muitas pessoas infelizmente por estarem dentro da igreja pensam que não mais irão passar por dificuldades por problemas. essa pessoas esta muito enganada pois e ai que mais dificuldades ela irar passar na casa no trabalho na igreja por que de uma coisa eu estou certa o diabo ele não esta preocupado em quem esta fora da igreja que esta no mundo por que já e dele ele esta preocupado na pessoas que já esta a na presença de DEUS. Porque o maior prazer dele e destruir a vida do ser Humano.

Então eu digo que por mais dificio que esteja a luta confie na palavra de DEUS confie nele pois ele não falha DEUS ele não iria colocar uma dificuldade para você passar se ele não visse em você uma capacidade de vencer então pense tudo que você ta passando irar passar e uma e porque DEUS viu algo em você que chamou a atenção dele, não ligue para o que vão dizer de você fica firme na fé confia e o mais ele fará.






Na Fé Hoje e Sempre
Vânia Nascimento

O Purificador de prata em Malaquias 3:3


*Havia um grupo de mulheres em um grupo de estudo da bíblia, estudando o livro bíblico de malaquias.
Como elas estavam estudando o capítulo três, encontraram o versículo que diz:
*“E terá de assentar-se como refinador e purificador de prata.” ( Malaquias 3:3 )
*Este verso as deixou perplexas e maravilhadas e elas queriam saber o que esta declaração revelava acerca das característica e natureza de DEUS …
*Uma das mulheres se ofereceu para descobrir acerca do processo de purificação e refinamento da prata.
Naquela mesma semana esta mulher telefonou para um refinador de prata e marcou um encontro no local de seu trabalho.
*Ela não mencionou nada a respeito da razão de seu interesse no processo de refinação da prata, além da curiosidade. Enquanto ela observava o forjador de metais, ele segurou uma peça de prata, alguém precisa segurar a prata no meio do fogo onde as chamas estão muito quentes para expulsar todas as impurezas.
*A mulher meditou sobre DEUS segurar-nos em tal calor para retirar nossa mancha ( ou impureza – então ela pensou de novo sobre o versículo, que Ele se assenta como refinador da prata ).
*Ela perguntou ao purificador da prata, se era verdade que ele se sentava o tempo inteiro lá na frente do fogo onde a prata estava sendo refinada.
*O homem respondeu que sim, ele não apenas tinha de sentar-se lá na segurando a prata, mas ele tinha de manter os olhos na prata o tempo inteiro que ela estivesse no fogo,pois se a prata fosse deixada um momento a mais nas chamas ela poderia ser destruída.
*A mulher ficou em silêncio por um momento. Então ela perguntou ao purificador da prata como ele sabia que a prata estava plenamente refinada. Ele deu um sorriso e respondeu:
*“Oh, essa é a parte mais fácil: quando vejo minha imagem refletida nela.”

O Faxineiro


Um homem que estava desempregado disputa uma vaga para ser faxineiro da Microsoft. O gerente de recursos humanos o entrevista, faz um teste pedindo para que ele varra o chão, e lhe diz: “Parabéns, o serviço é seu. Me dê o seu e-mail para que eu envie a ficha de inscrição, a data e a hora em que você deverá se apresentar para o serviço”.
O homem, ficou desesperado, poruqe ele não tem computador, muito menos e-mail. O gerente de RH disse então que lamentava o ocorrido, mas que a ausência de e-mail significava que ele estava fora do que acontecia no mundo , que virtualmente o homem não existia, e que, como não existia, não poderia trabalhar, por isso teria que porvidenciar um e-mail urgente.
O homem saiu desesperado, sem saber o que fazer e com somente 10 dólares no bolso. Não entendia muito de computador e nem sabia por onde começar. Parou e pensou. Sua família estava precisando muito e el não podia voltar pra casa só com aquilo. Decidiu então ir ao supermercado e comprar uma caixa com 10 quilos de tomates. Indo de porta em porta, resolveu vender os tomates a quilo e, em menos de duas horas, já tinha conseguido duplicar seu capital.
Depois de repetir a operação mais três vezes, voltou para casa com 60 dólares.
O homem pensa e vê que pode sobreviver dessa maneira. Saide casa cada dia mais cedo e chega do trabalho cada dia mais tarde. Vendendo de porta em porta.
Pouco tempo depois compra uma kombi.
Vai progredindo e depois a troca a kombi por um caminhão.
Vai prosperando e chega a ter uma pequena frota de veículos para distribuição.
Cinco anos depois, o homem se torna dono de uma das maiores distribuidoras de alimentos dos Estados Unidos.
Pensando no futuro da família, decide fazer um seguro de vida. Chama um corretor, acerta um plano justo e, quando a conversa acaba, o corretor lhe pede um endereço de e-mail para enviar a proposta.
O homem responde que não tem e-mail.
Curioso, o corretor lhe disse: “Você não tem e-mail e chegou a construir esse império? Imagine o que você seria se tivesse um e-mail!”.
E o homem responde:
“Eu Seria faxineiro da Microsoft!”

O Sabio e a Vaca


Muitas vezes nos acomodamos com uma situação ruim e não entendemos que podemos sair dela tendo atitude e ação. Precisamos que algo muito ruim aconteça para agirmos. Leiam essa fábula bem interessante:

Era uma vez, numa terra distante, um sábio chinês e seu discí­pulo. Certo dia, em suas andanças, avistaram ao longe um casebre. Ao se aproximar, notaram que, a despeito da extrema pobreza do lugar, a casinha era habitada. Naquela área desolada, sem plantações nem árvores, viviam um homem, uma mulher, seus três filhos pequenos e uma vaquinha magra e cansada. Com fome e sede, o sábio e o discí­pulo pediram abrigo por algumas horas. Foram bem recebidos. A certa altura, enquanto se alimentava, o sábio perguntou:
- Este é um lugar muito pobre, longe de tudo. Como vocês sobrevivem?
- O senhor vê aquela vaca? Dela tiramos todo o nosso sustento - disse o chefe da famí­lia. - Ela nos dá leite, que bebemos e também transformamos em queijo e coalhada. Quando sobra, vamos à cidade e trocamos o leite e o queijo por outros alimentos. É assim que vivemos.
O sábio agradeceu a hospitalidade e partiu. Nem bem fez a primeira curva da estrada, disse ao discí­pulo:
- Volte lá, pegue a vaquinha, leve-a ao precipí­cio ali em frente e atire-a lá pra baixo.
O discí­pulo não acreditou.
- Não posso fazer isso, mestre! Como pode ser tão ingrato? A vaquinha é tudo o que eles têm. Se eu jogá-la no precipí­cio, eles não terão como sobreviver. Sem a vaca, eles morrem!
O sábio, como convém aos sábios chineses, apenas respirou fundo e repetiu a ordem:
- Vá lá e empurre a vaca no precipí­cio.
Indignado porém resignado, o discí­pulo voltou ao casebre e, sorrateiramente, conduziu o animal até a beira do abismo e a empurrou. A vaca, previsivelmente, estatelou-se lá embaixo.
Alguns anos se passaram e durante esse tempo o remorso nunca abandonou o discí­pulo. Num certo dia de primavera, moí­do pela culpa, abandonou o sábio e decidiu voltar àquele lugar. Queria ver o que tinha acontecido com a famí­lia, ajudá-la, pedir desculpas, reparar seu erro de alguma maneira. Ao fazer a curva da estrada, não acreditou no que seus olhos viram. No lugar do casebre desmazelado havia um sí­tio maravilhoso, com muitas árvores, piscina, carro importado na garagem, antena parabólica. Perto da churrasqueira, estavam três adolescentes robustos, comemorando com os pais a conquista do primeiro milhão de dólares. O coração do discí­pulo gelou. O que teria acontecido com a famí­lia? Decerto, vencidos pela fome, foram obrigados a vender o terreno e ir embora. Nesse momento, pensou o aprendiz, devem estar mendigando em alguma cidade. Aproximou-se, então, do caseiro e perguntou se ele sabia o paradeiro da famí­lia que havia morado lá há alguns anos.
- Claro que sei. Você está olhando para ela - disse o caseiro, apontando as pessoas ao redor da churrasqueira.
Incrédulo, o discí­pulo afastou o portão, deu alguns passos e, chegando perto da piscina, reconheceu o mesmo homem de antes, só que mais forte e altivo, a mulher mais feliz, as crianças, que haviam se tornado adolescentes saudáveis. Espantado, dirigiu-se ao homem e disse:
- Mas o que aconteceu? Eu estive aqui com meu mestre uns anos atrás e este era um lugar miserável, não havia nada. O que o senhor fez para melhorar tanto de vida em tão pouco tempo?
O homem olhou para o discí­pulo, sorriu e respondeu:
- Nós tí­nhamos uma vaquinha, de onde tirávamos nosso sustento. Era tudo o que possuí­amos, mas um dia ela caiu no precipí­cio e morreu. Para sobreviver, tivemos que fazer outras coisas, desenvolver habilidades que nem sabí­amos que tí­nhamos. E foi assim, buscando novas soluções, que hoje estamos muito melhor que antes.

Carta De Satanás

Ontem eu te vi quando começava o seu dia. Acordou e nem sequer orou ao seu Deus. Ou melhor, durante todo o dia você não orou, e nem lembrou de abençoar sua comida. Você é muito ingrato para com o seu Deus, e isso em você me agrada muito. Eu também gosto da enorme fraqueza que sempre demonstra no que diz respeito ao seu crescimento espiritual, em ser um cristão.


Raramente lê a Bíblia e quando faz está cansado. Não medita no que lê, ora quase nada, além disso, muitas vezes diz palavras que não analisa. Por qualquer pretexto chega tarde ou falta ao seu culto de ensino. E o que falar de suas murmurações? Temos assistido muitos filmes juntos, sem falar nas vezes que fomos juntos ao teatro. Lembra daquele dia da tua fraqueza com aquela linda pessoa? Oh como foi bom!



Mas o mais me agrada é que você não se arrepende. E que sabe que é jovem e tem que aproveitar a vida, pensa só na carne e acredita que precisa ser salvo para a eternidade. Não há duvida você é um dos meus.



Amo as piadas vergonhosas que você conta e que também escuta. Você ri delas, eu também rio de ver um filho de Deus participando disto. O fato é que nos sentimos bem. A musica vulgar e de duplo sentido que você escuta me agrada demais. Como você sabe quais são os grupos que eu gosto de escutar? Também adoro quando murmura e se revolta contra o seu Deus.



Sinto-me feliz quando vejo você dançando e fazendo estes movimentos sensuais, eles me fascinam. Como isso me agrada!!! Você quer se encontrar comigo qualquer dia destes???



Certamente quando você está se divertindo saudavelmente, fico triste, mas sem problema, sempre haverá outra oportunidade. Tem vezes que me faz coisas incríveis, quando da mal exemplo as crianças ou quando os autoriza para perderem a sua inocência através da televisão, musicas ou coisas do gênero. Eles são tão espertos que imitam facilmente tudo o vêem. Muito obrigado.



O que mais me agrada é que poucas vezes tenho que te tentar, quase sempre cai por conta própria. Você busca os melhores momentos, se expõe as situações perigosas, me dando lugar!



Se tivesse cabeça mudaria de ambiente e de companhias; buscaria a palavra de Deus e entregaria realmente a tua vida aquele que você chama de Deus e, ainda mais, viveria o resto de seus anos sob a orientação do Espírito Santo.



Não tenho costume de enviar este tipo de mensagem, mas você é tão acomodado espiritualmente que não acredito que vá mudar nada.



Não me entenda mal, eu te odeio e não te dou a mínima. Se eu te busco é porque você me satisfaz com as tuas atitudes e faz cair em ridículo a Jesus Cristo.




Assinado Teu inimigo que te odeia: Satanás



ou como queira me chamar

Obreira Aprovada!!!

Você foi chamada a ser obreira e aceitou por amor.
Disse que era o que mais queria; o pastor não te obrigou.
Disse querer ajudar os que ainda estão a sofrer,
Que não tiveram o privilégio de serem felizes como você.
E existem trabalhos na Igreja que dependem de você,
E que o pastor sozinho não conseguem resolver, mas nem você poderá, se não fizer com prazer.
Seja fiel a Jesus e não a sua igreja, conquistando pouco a pouco aquilo que mais almeja.
Seja discreta em tudo e não somente no vestir, mas também em não espalhar o que porventura ouvir.
Ao dar orientação, também exige da obreira lealdade e descrição.
Para algumas situações, temos que ter senso de humor e para não ser atingidos,
Ter ouvidos de “mercador” ou contar de 1 a 10 para não tocar na ira e trocar as mãos pelos pés.
Aprenda a respeitar a maneira do outro ser, pois por mais que você queira,
Ninguém é igual a você, e mesmo com as diferenças, Deus a escolheu também.
Para Deus, vocês são iguais, não tem preferência por ninguém.
Não critique aquela obreira que faz menos que você. Faça, ainda que sozinha,
não para o outro ver, e sim de todo o coração.
Para te dar disposição, comece a fazer, e todos então, farão.
Aquela que não fizer, talvez nem seja porque não quer, e até se entristece em não poder,
Quando tem oportunidade, ela serve com prazer, dando o melhor de si,
chegando a fazer tanto ou mais que você.
Não fuja da rotina, trabalhando na igreja, fingindo estar nos conformes,
Mas no fundo você sabe que esconde suas tristezas vestindo um uniforme.

O sorriso nos seus lábios sempre ao cumprimentar, se pondo a disposição a quem quiser conversar.
Mesmo enfrentando lutas, ela é toda alegria. Gentil com todos que a cercam, assim ela é todo dia.
Sempre bem educada, essa Obreira é a falada,
não por dar mau exemplo, e sim por ser dedicada.
Todos se espelham nela.
Ela é a obreira aprovada !
Ocorreu um erro neste gadget