quinta-feira, 28 de outubro de 2010

Batismo com o Espirito Santo


Por que devemos ser batizados com o Espírito Santo

O batismo com o Espírito Santo não é uma questão de opção doutrinária ou denominacional, mais uma necessidade imperiosa para a sobrevivência da própria fé cristã.
O batismo como Espírito Santo nos leva a experiência constantes com o próprio DEUS; garante-nos a certeza da salvação e impede que sejamos enganados ou iludidos pelas nossas próprias fraquezas, motivando-nos a um constante crescimento espiritual, a fim de podermos servir melhor ao Senhor ( Efésios 4:13-16 ).


Como e quando acontece o batismo com o Espírito Santo?


O batismo com o Espírito Santo nunca acontece por acaso; é, pelo contrário, fruto de um ardente desejo de se conhecer e servir melhor ao Senhor Jesus. O centurião Cornélio é um claro exemplo disso, pois a bíblia assim o apresenta.
Não foram as esmolas de Cornélio que lhe deram condições de receber o batismo com o Espirito Santo. O seu caráter temente a DEUS, somando as suas orações, capacitou-o a ser visitado, ele e toda a sua casa, pelo Espírito Santo.
Não somos nós que ditamos as regras de como e quando seremos batizados com o Espírito Santo, mas o próprio DEUS, na pessoa do Senhor Jesus.
A bíblia nos afirma que Ele procura pessoas de fé, a fim de manifestar a sua glória neste mundo. Quando alguém busca fazer a vontade de DEUS com jejuns, orações, vigílias e outras atitudes, o Senhor Jesus se incumbe de lhe encher com o seu Espírito, como se tomasse a pessoa nas mãos e a imergisse nas águas do Espírito.

Novo nascimento





Não há como falarmos de novo nascimento sem antes falar-mos de conscientização e arrependimento.
A boa consciência deixa livre o caminho para o exercício e as conquistas da fé. Quando ela acusa algo errado, a duvida imediatamente entra em ação. Fuja da aparência do mal, e até evite, se possível, aquelas pessoas cujos assuntos não tem nada a ver com a sua fé. Se sua consideração por DEUS for maior que tudo, até por si mesmo, ele se mostrará forte na relação com você. Se seu coração é totalmente d'ele , então ele é totalmente seu. A verdade é que as pessoas têm confundido religiosidade, conversão e novo nascimento. Religiosidade é a parte do diabo, conversão é a parte do ser humano e novo nascimento é a parte de DEUS.
Na conversão, a pessoa abandona os maus hábitos, como inimizades, mentiras, adultério, prostituição, roubo, feitiçaria, idolatria, ciúme, ira, discórdia, inveja, bebedice, glutonaria, vícios, enfim, todas as obras da carne, para viver uma vida dependente de DEUS. É fácil? Não! Mais não é impossível! Porque DEUS Jamais pede algo que não se possa fazer. A partir do momento em que a pessoa se esforça na mudança de comportamento, o Espírito de DEUS entra em ação e faz acontecer o novo nascimento.
E, uma vez nascida de novo, ela deixa a condição de perseguidora das bênçãos para ser a própria bênção. Ou seja: ela deixa de ser lua, isto é, dependente da luz do sol, para ser o próprio sol. Antes de acontecer o novo nascimento, tem que haver, primeiro, a conversão ou a mudança de comportamento da pessoa.
E somente depois da conversão o Espírito Santo opera o novo nascimento.
Ocorreu um erro neste gadget